Histórico

Categorias

Publicado por: Semax Brasil   Categoria: Chocolate , Dicas , Saúde

Para quem é fã de Chocolate, essa época do ano é muito aguardada. Com a vinda da Páscoa, surgem inúmeras novidades e versões da iguaria, e os supermercados viram um parque de diversões, com túneis lotados de ovos da Páscoa. Mas antes de se sentir culpado por cair em tentação, saiba que o chocolate pode ser um grande aliado da saúde, graças a inúmeros benefícios.

 

O primeiro deles é que, o cacau é rico em flavonoides, substância com grande poder antioxidante. "Por isso, pode reduzir o risco  de aterosclerose (formação de placas de gordura nas artérias), controlar a pressão arterial, e combater os radicais livres que podem causar câncer e envelhecimento precoce".

 

Mas isso não se aplica a qualquer chocolate. Quanto maior a sua porcentagem de cacau, mais flavonoides estão em sua composição. E, neste, caso, quanto mais escuro melhor. Portanto, o melhor chocolate para ser consumido é o amargo. 

 

Organismo em ordem

 

O chocolate também é rico em alguns minerais como manganês, potássio e magnésio, e algumas vitaminas como as do complexo B, de grande importância para o bom funcionamento do nosso corpo, principalmente porque evitam muitas doenças e reforçam o sistema imunológico.

 

Anti TPM

 

As sensações de bem-estar e relaxamento proporcionadas pela guloseima são causadas justamente pela ação da indorfina e dopamina, quem tem sua produção aumentada pelo cérebro depois do consumo do chocolate. O crescimento da produção dessas substâncias pelo organismo explica porque o doce é o companheiro inseparável de muitas mulheres durante o período de TPM, quando há maior incidência do estresse, da irritabilidade, ansiedade e depressão.

 

Gravidez saudável

 

Muitas grávidas também sentem um desejo irresistível de comer chocolate e apesar de ficarem com medo dos quilinhos a mais na balança, lá vai mais um benefício: se consumido moderadamente durante a gestação, o chocolate pode ajudar a previnir a pré-eclâmpsia (hipertensão na gravidez), devido a um composto chamado teobromia.

 

Coma com moderação

 

Mas, antes de cair de boca no chocolate, saiba que é preciso moderação na hora de consumir o doce, que tem açucar e gordura saturada em sua composição.

"Habitualmente, o consumo diário não deve ultrapassar 30g (o equivalente a um quadrinho), associado a uma alimentação equilibrada e saudável".

 

 

Fonte: Site terra.     



         

Comentários (0)